Loading...

terça-feira, 15 de junho de 2010


Eu falo de amor sim
Falo e me calo
Choro e me perco
Acredito e sinto

Eu morro por amor sim
Me deixo assim
Com raiva de mim
Por amar sem fim

Amar não é saber
Nem tão pouco
Doer
Amar é sentir
É colidir,é atingir

Amar vem da alma
Não preciso ver
Só preciso ter
O gosto doce ou amargo
Do que vivi

Me permito somente
Ser assim
Um dia poesia
Noutro fantasia
E as vezes nostalgia.

...............


Eu falo de amor sim
Falo e me calo
Choro e me perco
Acredito e sinto

Eu morro por amor sim
Me deixo assim
Com raiva de mim
Por amar sem fim

Amar não é saber
Nem tão pouco
Doer
Amar é sentir
É colidir,é atingir

Amar vem da alma
Não preciso ver
Só preciso ter
O gosto doce ou amargo
Do que vivi

Me permito somente
Ser ass
Um dia poesia
Noutro fantasia
E as vezes nostalgia.

.................

Nenhum comentário:

Postar um comentário