Loading...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

frio na alma

Quanto frio nessa distância
um fala o outro se cala
como so um pode expor
o seu amor
Se o amor é prá se vivido a dois
meus olhos se fecham
sinto um frio vindo do seu interior
sua frieza aos poucos me afasta
nada nem uma palavra nem um oi
minhas palavras, escrevi em vão...
meus olhos aos poucos se fecham
Seus olhos sempre estão abertos
me perco em seu olhar...
ainda tenho desejos
até quando continuarei a me perder
sera que ate quando vou depender
do seu doce sorriso.
Afinal é foto e esta fria...tão fria
E você na distância ao longe
Nossas vidas se perdem na distância
o vazio da sua alma me afasta
Silêncio... nem uma palavra

Nenhum comentário:

Postar um comentário